Polícia prende mais de 40 criminosos considerados foragidos da Justiça em SP

  • Por Jovem Pan
  • 07/12/2016 08h04
O governador Geraldo Alckmin durante entrega de viaturas para as polícias Civil e Militar para a Capital e Grande São Paulo. Data: 27/03/2014. Local: São Paulo/SP. Foto: Edson Lopes Jr/A2 FOTOGRAFIAPolícia Civil - Fotos Publicas

Uma operação da Polícia Civil de São Paulo prendeu, nesta terça-feira (06), 44 criminosos considerados foragidos da Justiça. As prisões aconteceram na capital paulista e na região metropolitana.

Entre os detidos, estão ladrões de carro e estelionatários, que eram procurados pela polícia.

O delegado Osvaldo Nico Gonçalves explica que muitos dos bandidos já haviam sido presos em outras ocasiões, mas voltaram às ruas. “60 viaturas nas ruas para cumprir mandados de prisão. A maioria são roubadores ou assaltantes com mão armada. A gente trabalha com o fator surpresa, eles não esperavam isso antes e agora estão voltando para a cadeia”, disse.

Segundo o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, cerca de 80 investigadores, em 60 equipes, cumpriram os mandados de prisão.

Dois homens suspeitos de aplicar golpes em aposentados foram detidos em Mauá. Os estelionatários ofereciam ajuda a pessoas que estavam prestes a se aposentar, conseguiam o benefício e ficavam com o dinheiro.

A estimativa é de que mais de 300 pessoas tenham sido vítimas do esquema.

Os criminosos foram condenados pela Justiça Federal no mês passado e, desde então, eram procurados pela polícia.

*Informações do repórter Vitor Brown