Policiais são mortos nas zonas sul e oeste de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 07/03/2016 07h31
Arma

 Dois policiais militares à paisana foram assassinados nas Zonas Sul e Oeste de São Paulo. As ações dos criminosos ocorreram neste domingo (06/03), e a mais recente foi por volta das 22h na região do Grajaú. O soldado Antônio Veríssimo Carlos Nunes seguia para casa em seu veículo, um Voyage branco, quando foi atacado.

No caminho, Nunes resolveu parar em uma banca, na esquina da Rua Francisco Inácio Solano com a Avenida Gaivotas, para comprar frutas. Segundo testemunhas, desconhecidos chegaram em um Volkswagen Jetta preto e simplesmente passaram a atirar contra o PM, sem dizer nada.

Em seguida, os criminosos fugiram, e o policial foi levado, por uma equipe do SAMU, para o pronto-socorro Maria Antonieta, onde morreu. Antônio Veríssimo Carlos Nunes era soldado da 2ª Companhia do 13º Batalhão, em Santa Cecília, no Centro, e trabalhava na PM desde maio de 2014. O homicídio foi registrado no plantão do 101º Distrito Policial, do Jardim das Imbuias.

O outro policial militar foi morto no início da manhã de domingo ao reagir a um assalto na região de Pirituba. O cabo João Maria Bento Xavier seguia para o trabalho em sua moto quando foi abordado por assaltantes, que exigiram o veículo. O militar tentou sacar sua arma e reagir, mas acabou baleado pelos bandidos, que fugiram, levando apenas a pistola do policial.

Uma equipe de resgate chegou a levá-lo para o pronto-socorro de Pirituba, mas ele não resistiu aos ferimentos e também morreu. Com quase onze anos de Corporação, o cabo João Maria Bento Xavier era lotado na Força Tática do 23º Batalhão, em Pinheiros. O latrocínio foi registrado no 33º Distrito Policial, de Pirituba. Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, o DHPP, investigarão os crimes.