População é a favor de impeachment e crê que Temer sabia de Petrolão, diz pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2016 10h17
Murilo Hidlago

 O presidente do Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, participou do Jornal da Manhã desta sexta-feira (08). Ele apresentou um levantamento feito pelo grupo que aponta o total descrédito da população em relação à política. Os dados indicam que a população quer o impeachment de Dilma Rousseff, mas não vê um panorama positivo com Temer na presidência.

A pesquisa revelou que o governo de Dilma já soma 82% de desaprovação entre os entrevistados e cerca de 2/3 da população se posiciona como pró-impeachment, número que vem aumentando com os desdobramentos recentes.

Já cerca de 70% das pessoas não enxergam o processo de impeachment como um golpe contra a democracia. Ao serem questionados sobre um eventual governo Temer, 80% afirmam que conhecem o vice-presidente, 70% sabem qual o seu cargo atualmente e 82% acreditam que ele sabia dos desvios da Petrobras: “É um dado ruim para o vice-presidente Michel Temer. Ele é bem conhecido, se ele vier a assumir a presidência ele vai ser um presidente conhecido, essa história de que ninguém conhece o vice não é verdade”.

Sobre o juiz Sérgio Moro, os entrevistados ficam divididos entre ele continuar seu trabalho como magistrado, ou seguir a carreira política.

O próprio povo é apontado como responsável pelo impeachment, caso ele venha a ocorrer, seguido pela Operação Lava Jato.

E a insatisfação não é apenas com o governo central, mas com a política como um todo. A popularidade de Aécio Neves, Geraldo Alckmin e Serra também está caindo. Na contramão, a aprovação de Jair Bolsonaro aumentou: “É um número muito grande e o Bolsonaro não disputou nenhuma majoritária”, afirma Hidalgo.

Confira a pesquisa completa no site do Paraná Pesquisas aqui.