Presidente da Alerj é alvo de condução coercitiva em operação da PF

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2017 07h20
Jorge Picciani (PMDB-RJ) - Divulgação

A Polícia Federal está nas ruas nesta quarta-feira (29) para cumprir mandados de prisão contra cinco conselheiros e um ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. O presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani, é um dos alvos da operação com mandado de condução coercitiva.

A Operação, denominada “Quinto do Ouro”, investiga desvios para favorecimento de membros do Tribunal de Contas e da Alerj.

Esta ação da PF tem como base a delação de Jonas Lopes, ex-presidente do Tribunal e que fechou acordo com a Procuradoria-Geral da República.

Mandados judiciais estão sendo cumpridos desde o início da manhã no Rio de Janeiro, em Duque de Caxias e São João do Meriti.

Confira as informações do repórter Rodrigo Viga: