Procon-SP revela disparidade de até 457% em valores de materiais escolares

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2017 09h40
André Luiz D. Takahashi/ (Arquivo ) Ascom Prefeitura de VotuporangaMaterial escolar

Pesquisa da Fundação Procon aponta diferença de até 457% no preço do material escolar na cidade de São Paulo.

Segundo o levantamento, os produtos estão em média 13% mais caros do que no ano passado.

A maior diferença de preço foi encontrada em um modelo de lápis preto que custava R$ 0,35 em dois estabelecimentos e R$ 1,95 em outro.

O Procon alerta que os pais devem verificar quais produtos da lista podem ser reutilizados e buscar promover a troca de livros didáticos de alunos que cursam séries diferentes.

A supervisora da pesquisa, Cristina Martinussi, afirmou que fazer a compra em grandes quantidades também pode ser uma alternativa contra a alta dos preços. “O consumidor tem que ficar atento e comparar em diversos locais e, se possível, comprar de forma coletiva”, sugeriu.

O Procon reforça que as escolas não podem exigir a aquisição de material de uso coletivo como papel sulfite ou produtos de limpeza.

*Informações do repórter Anderson Costa