Proposta de reforma política irá além do fim de coligações e lista fechada

  • Por Jovem Pan
  • 14/10/2016 08h15
Congresso Nacional Brasileiro

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o presidente Michel Temer e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, estão decididos quanto a reforma política.

Junto ao presidente do Senado, Renan Calheiros, e ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, eles estão convencidos de que os presidentes dos partidos concordam com a reforma.

Segundo o repórter José Maria Trindade, a ideia é fazer uma reforma que vá além do fim das coligações, regulamentação de campanhas e lista fechada.

O comentarista Marco Antonio Villa destaca que é contra a lista fechada – quando se vota no partido – e defendeu a voto nas pessoas. “No caso do Brasil temos uma forte vinculação pessoal com os candidatos. Acho que a gente tem que votar na pessoa. Essa história de votar no partido, você continua prisioneiro dos caciques partidários”, diz Villa.

Confira: