Quase 15 mil alunos ficam sem aulas no RJ por conta de violência

  • Por Jovem Pan
  • 30/05/2017 08h00
Complexo da Maré é ocupado; veja as imagens

Quase 15 mil alunos sem aulas do Rio de Janeiro por conta de confrontos entre policiais e traficantes. Nesta segunda-feira (29), uma história que vem se repetindo teve um novo capítulo.

Em virtude de operações policiais, várias escolas, creches e espaços infantis deixaram de operar. Ao todo são 19 escolas, seis creches e 11 espaços de desenvolvimento infantil.

Somente na manhã desta segunda-feira, 13.160 alunos ficaram sem aulas na rede Municipal de Educação. A rede estadual também teve perdas por conta desses confrontos e tiroteios que aconteceram nas favelas Nova Holanda e Parque União no Complexo da Maré, na zona norte da capital, no morro do Cajueiro, que fica em Madureira, no subúrbio e na Vila Kennedy, que fica em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Além de escolas e creches, algumas clínicas da família também chegaram a fechar nessas localidades por conta das operações policiais. Houve prisões, detenções e apreensões. Muitas pessoas ficaram com medo de sair de casa.

*Informações do repórter Rodrigo Viga