Quatro em cada 10 candidatos a estágio são reprovados por erros de português

  • Por Jovem Pan
  • 21/10/2016 07h41
Estudantes realizam Enem / Fuvest - Fotos Públicas

Quatro em cada dez candidatos a vagas de estágio são reprovados em recrutamentos devido a erros de português.

A conclusão é de uma pesquisa do Nube, o Núcleo Brasileiro de Estágios, que aplicou um teste na forma de ditado, com 30 palavras usadas no cotidiano.

Alunos dos cursos de Design, Publicidade e Sistemas de Informação e Computação tiveram os piores desempenhos na avaliação.

O coordenador do Nube em Minas Gerais, Rafael Oliveira, afirmou que a falta de domínio do idioma elimina chances de contratação, até dos candidatos com bons currículos.

“A intimidade com o idioma é percerbida tanto na escrita quanto na oralidade. O português, que em outras épocas era importante para a área de humanas, hoje é visto como a imagem da empresa, do colaborador”, disse.

O coordenador do Núcleo Brasileiro de Estágios, Rafael Oliveira, explicou ainda que os candidatos valorizam o domínio de uma segunda língua, mas se esquecem de aprimorar o português.

Segundo a pesquisa, os candidatos com idades entre 14 e 18 anos tiveram piores desempenhos, com 60% dos candidatos eliminados.

*Informações do repórter Vitor Brown