Roubos de carga e estupros aumentam no Estado de SP em 2016, aponta SSP

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2017 08h26
Grande parte da violência contra crianças é praticada dentro de casa

Roubos de carga e estupros aumentam no Estado de São Paulo e na capital paulista em 2016, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública.

A alta nos roubos de carga foi de 17,1%, com 9.943 casos, contra 8.490 ocorrências do ano anterior.

Na capital, a elevação foi de 15,79%, 5.866 casos registrados em 2016 e 5.066 no ano anterior.

Os casos de estupro tiveram considerável alta de 10,16%; foram registrados 2.299 na cidade.

No Estado, o crime aumentou 6,72% em 2016 em relação a 2015, com 9.888 notificações contra 9. 265.

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, explica por que o estupro é um crime difícil de ser combatido.

O professor da FGV, Rafael Alcadipani, discorda do secretário e acrescenta que é preciso reforçar as ações contra estupros em todo o país. Em entrevista a Daniel Lian, o especialista afirma que o Estado tem que dar uma resposta à sociedade.

A Secretaria de Segurança Pública orienta que as mulheres vítimas de violência doméstica ou sexual devem notificar as autoridades.

Outro crime que amplia a sensação de insegurança, o homicídio teve queda em 2016 em relação ao ano anterior tanto no Estado quanto na cidade de São Paulo.

Confira: