Ex-secretário de Itaquaquecetuba é assassinado em pizzaria

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2016 07h16
Luiz Henrique Lima Vieira

 O ex-secretário de Cultura e Turismo, Luiz Henrique Lima Vieira, de 29 anos, foi assassinado em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. Ele foi alvo de um atentado a tiros no início da noite desta terça-feira (07) e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

O crime ocorreu dentro de uma pizzaria, localizada na Rua Fernando Pessoa, nº 55, no Parque Piratininga, periferia da cidade. Riketa, como era conhecido, estava no local, acompanhado de um segurança e amigos, discutindo planos para as próximas eleições municipais, quando um suspeito entrou, atirou pelo menos cinco vezes contra o político e fugiu em seguida, em um veículo não identificado, sem roubar nada.

As pessoas que acompanhavam Riketa e outros clientes e funcionários da pizzaria não ficaram feridos. A vítima foi levada ainda com vida para o pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, naquele mesmo município, onde morreu.

Riketa foi secretário de Cultura e Turismo de Itaquaquecetuba até o ultimo dia 2 de abril, quando deixou o cargo para concorrer a uma vaga como vereador na Câmara da cidade nas próximas eleições.

O homicídio foi registrado pelo delegado Alexandre Cavalca na Delegacia Central de Itaquaquecetuba. O delegado já recolheu o HD contendo as imagens das câmeras de segurança da pizzaria, que teriam gravado toda a ação.

Riketa já tinha sido alvo de outro atentado no dia 4 de maio. Na ocasião, o ex-secretário estava ao volante de uma Saveiro vermelha, com duas pessoas de sua equipe, e seguia pela Estrada do Bonsucesso, no bairro Pequeno Coração, com destino ao Centro de Itaquá. Próximo a um posto de combustíveis, um Vectra preto, que vinha no sentido contrário, parou e um dos ocupantes desceu, sacou uma pistola e passou a atirar contra a picape.

Vários disparos atingiram o carro do ex-secretário, mas ninguém ficou ferido. O atirador fugiu no Vectra e não foi identificado.