Secretários atrasados terão de pagar R$ 200 de multa, avisa Doria

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2017 07h00
Saúde

João Doria, prefeito de São Paulo, criou uma espécie de multa para secretários municipais que chegarem atrasados em reuniões.

A ideia surgiu depois da primeira agenda de segunda-feira (02), segundo dia da gestão de Doria, quando Soninha Francine, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, chegou 40 minutos atrasada ao lançamento do programa Cidade Linda.

A norma do prefeito diz que o secretário que se atrasar por até 15 minutos terá de pagar R$ 200 de “multa”. Acima disso, o valor dobra, segundo João Doria.

O secretariado municipal volta a se reunir na segunda-feira (09), com a equipe do governador Geraldo Alckmin, para anúncio de estratégias conjuntas em várias áreas.

Confira a reportagem completa de Fernando Martins: