Segurança é morto e PMs ficam feridos durante assalto a carro-forte em SP

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2016 06h17
Polícia Militar

Segurança é morto com tiro de fuzil durante ataque a carro-forte em rodovia do Interior de São Paulo. A ação ousada de uma quadrilha, formada por pelo doze homens, fortemente armados, ocorreu no final da tarde desta segunda-feira (12) na altura do quilômetro 28 da SP-063, Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira, que liga o município de Itatiba a Bragança Paulista.

Segundo a Polícia Militar, o blindado da Protege saiu de Itatiba e seguia para a cidade vizinha quando foi interceptado pelos criminosos, que surgiram em quatro veículos de luxo, sendo um Jeep Cherokee e três modelos da Hyundai: um Vera Cruz, um Santa Fé e um Azera.

Os bandidos dispararam tiros de fuzil em direção ao carro-forte, obrigando o motorista a parar. Os seguranças reagiram e, na troca de tiros, um deles foi atingido no tórax por um disparo de fuzil.

O funcionário da Protege, identificado como Edmilson Brito de Moura, de 41 anos, trajava colete balístico, mas o equipamento não foi capaz de conter o projétil, e o segurança morreu no local.

Em seguida, os bandidos usaram dinamites para explodir o cofre do blindado e fugiram, deixando cédulas e explosivos espalhados pelo chão.

Acionados, PMs chegaram rapidamente, mas foram recebidos a tiros. No confronto, dois policiais foram atingidos nas pernas, mas sem gravidade, e o bando fugiu pela Rodovia Dom Pedro I, ligação entre Campinas e Jacareí, no Vale do Paraíba.

Três dos carros usados pelos criminosos foram encontrados, em chamas, no quilômetro 82 da rodovia, no bairro Pedreira, em Atibaia. O assalto foi registrado na Delegacia Central de Itatiba.

Em nota, a assessoria da Protege Transporte de Valores confirmou o assalto, mas não divulgou valores levados pelos bandidos. A empresa lamentou a morte do segurança e informou que está prestando assistência aos funcionários e familiares da vítima.

*Informações do repórter Paulo Edson Fiore