Seguranças reagem e evitam assalto a carro-forte na zona oeste de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2017 06h11
Avenida Raimundo Pereira de Magalhães

Seguranças reagem e evitam roubo de carro-forte na região de Perus, na Zona Oeste de São Paulo. A tentativa de assalto ocorreu no início da noite desta segunda-feira (17) na altura do número 17.000 da Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, próximo ao Rodoanel Mário Covas.

Ocupando vários veículos, entre eles um Volkswagen Touareg, preto e blindado, bandidos cercaram o carro-forte, que, acredita-se, pertenceria à empresa Protege Segurança Patrimonial e Transporte de Valores.

Ao perceber que seriam assaltados, os seguranças reagiram, trocando tiros com os criminosos, que estavam armados de fuzis. Apesar do poderio de fogo da quadrilha, o motorista do carro-forte conseguiu escapar do cerco e fugir, mas testemunhas da ação acionaram a PM.

Quando os policiais chegaram ao local, não encontraram nem os ladrões, nem as vítimas, apenas um dos carros da quadrilha, o Touareg. Além de blindado, o veículo possuía um furo na parte de trás, feito estrategicamente para possibilitar os disparos de fuzil.

Após a ação, os assaltantes roubaram dois carros para a fuga: um Honda CRV e um Hyundai Santa Fé, ambos pretos, e fugiram rumo ao Rodoanel. Um segundo automóvel usado pela quadrilha, outro Touareg preto, foi abandonado no quilômetro 33 da pista sentido Interior da Rodovia dos Bandeirantes, em Caieiras, na Grande São Paulo.

Dentro do carro, foram encontradas munições de fuzil calibre ponto 50.

Mais três veículos, sendo dois Toyotas Corolla e um Chevrolet Onix, foram abandonados no quilômetro 36,5 da rodovia, ainda em Caieiras. No entanto, ninguém foi preso e ainda não há a confirmação se o carro-forte pertence mesmo à empresa Protege.

O caso vai ser investigado pela 5ª Delegacia de Roubo a Bancos, do Deic, o Departamento Estadual de Investigações Criminais.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore