Servidores querem anulação de emenda que limita gastos públicos e promoções

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2017 06h32

Nesta terça (6)

Céu nublado sobre o Congresso Nacional

Representantes dos servidores públicos querem a anulação da emenda que limita os gastos públicos. Tal emenda já foi aprovada no Congresso e promulgada.

No momento em que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, quer a aprovação de normas no Congresso para os acordos com os Estados, os funcionários não aceitam legislação que possa dificultar ou impedir aumentos salariais ou promoções.

Esta é a proposta do Governo: exigir contrapartida dos Estados em dificuldade que fazem os acertos de suas contas.

A Federação Nacional dos Servidores e Empregados Públicos Estaduais e do DF protocolou no Supremo Tribunal Federal o pedido para tornar sem efeito a emenda do limite dos gastos públicos.

*Informações do repórter José Maria Trindade