Subprefeitura de São Mateus promete obras contra novos alagamentos

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2016 11h09
Região de São Mateus

 Subprefeitura de São Mateus promete obras de desassoreamento em área com 500 casas atingidas por enchente, mas moradores continuam desconfiados. O compromisso foi assumido pelo subprefeito da região, Álvaro de Abreu, em entrevista concedida à Jovem Pan, no final de semana. O gestor argumenta que os problemas no Jardim São João e Iguatemi são agravados por ocupações irregulares que impedem o acesso das máquinas.

Mesmo assim, Álvaro de Abreu prometeu uma ação mobilizada e o uso de novos recursos para atenuar o problema dos alagamentos na região: “A gente já começa na segunda-feira (04/01) a fazer a limpeza das margens do córrego e a tirar um pouco da areia dele. Efetivamente vamos precisar de um reforço, devemos contratar um maquinário que possa acessar o córrego sem derrubar as estruturas ao lado dele”.

Os moradores admitem que as moradias irregulares impedem uma intervenção do poder público, mas cobram ações preventivas antes do período de chuva.

O promotor de vendas e morador do Jardim Iguatemi, Douglas Elimário, demonstra ceticismo com a promessa, mas têm esperança por dias mais calmos: “Em um primeiro momento é legal, agora vamos ver na prática. Creio que ele seja um homem de palavra e vai dar esse auxilio para a população, vamos ver se a gente consegue ter um ano de mais tranquilidade”.

A maior parte dos residentes no Jardim Iguatemi condena o protesto em primeiro de janeiro, com ônibus apedrejados e confrontos com os policiais. Além disso, reconhece que a situação só não é pior por causa de dois piscinões que foram colocados para evitar o transbordo do córrego Aricanduva.