Temer prevê um ano de obras para conclusão de novos presídios federais

  • Por Jovem Pan
  • 17/01/2017 06h05
Brasília - DF, 27/11/2016. Presidente Michel Temer o Presidente do Senado Federal Renan Calheiros, o Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Rodrigo Maia, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto. Foto: Beto Barata/PRMichel Temer - pR

Otimista, o presidente Michel Temer fixou como meta o prazo de um ano para a construção dos cinco presídios federais anunciados na última semana.

No Palácio do Planalto, a avaliação é que o prazo é apertado, mas que existe a possibilidade da obra ficar pronta neste período. O modelo a ser adotado é o do Espírito Santo, que já construiu presídios pré-fabricados, com estruturas modulares.

Para ganhar tempo, o Governo fala em utilizar o regime diferenciado de contratação. Os Estados interessados, no entanto, precisam apresentar terrenos próximos a aeroportos para facilitar as transferências e não ter problemas de licenciamento – principalmente ambiental.

Vale lembrar que os últimos presídios construídos no Brasil levaram cerca de 6 anos para ficarem prontos. O Governo estima que o custo do novo modelo, os presídios devem custar entre R$ 40 milhões a R$ 45 milhões.

O assunto deve ser discutido nesta terça-feira (17) com secretários de segurança pública, justiça e assuntos penitenciários. Nesta terça, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e os secretários devem fechar os últimos detalhes do Plano Nacional de Segurança.

Nesta quarta, os governadores assinam parceria com o Governo para a implementação das medidas.

*Informações da repórter Luciana Verdolin