“Temos grande oportunidade na relação com os EUA”, diz embaixador brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 15/08/2016 09h03
Roque Sá/Agência Senado Sérgio Amaral

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan, o embaixador brasileiro nos Estados Unidos, Sérgio Amaral, declarou que a sua posse traz uma grande oportunidade na relação com o país.

“Do lado dos Estados Unidos, o presidente Barack Obama tomou uma série de decisões que correspondem às nossas expectativas. Ênfase em multilateralismo, política de não intervenção e teve o gesto, simbolicamente importante, que foi a reaproximação com Cuba. Do nosso lado teve uma grande mudança que é a política externa com mais sintonia com os interesses gerais da sociedade”, explicou.

Sérgio Amaral ressaltou que o resultado das eleições presidenciais nos Estados Unidos também influencia a relação com o Brasil. “Seria uma ironia que o Brasil está mais disposto a ter uma abertura maior e que os países desenvolvidos se tornem mais protecionistas”, disse em referência à política proposta por Trump.

“Se verificar Hillary Clinton e Donald Trump, um deles já anunciou medidas protecionistas. Inclusive em relação a exportações da China, o que pode respingar sobre nós. O sentimento protecionista pode fazer com que ocorram mais restrições”, disse.

Sérgio Amaral retorna ao setor público após 10 anos trabalhando em setor privado. “Eu levei dez anos em que me dediquei a coisas que nunca tinha feito, que era a inserção maior no setor privado. Isso me permitiu ter uma visão mais equilibrada das coisas. O convite do presidente Michel Temer e do ministro das Relações Exteriores, José Serra, era irrecusável”, finalizou.