Theresa May assume nesta quarta o posto de primeira-ministra do Reino Unido

  • Por Jovem Pan
  • 13/07/2016 07h51
Theresa May assumirá cargo de primeira-ministra do Reino UnidoImagens do Dia

Nova primeira-ministra do Reino Unido assume nesta quarta-feira (13) o posto com a responsabilidade de conduzir o processo de saída da União Europeia. Theresa May era secretária de interior do governo de David Cameron e se posicionou contra o Brexit.

Os impactos do resultado do plebiscito dependerão da postura da nova premiê com muita negociação política ou com radicalismo.

O cientista político e professor da Universidade de Columbia, Marcos Troyjo, indicou dois caminhos que podem ser tomados pelo país. “Se a ênfase for apenas em colocar obstáculos a imigração, colocar obstáculos a exposição do trabalhador britânico, isso vai levar Reino Unido a uma situação de recessão bastante duradoura. Agora se o Brexit significar oportunidades de comércio com outras regiões do mundo, será interessante para Reino Unido e positiva até para União Europeia”, explicou.

Theresa May afirmou durante a semana que o resultado do Brexit será respeitado e que o Reino Unido terá sucesso com as novas condições.

O coordenador do curso de Relações Internacionais da FMU, Manoel Furriela, disse ao repórter Victor LaRegina que a nova premiê deverá adotar postura de cautela: “ela vai seguir linha de maior parcimônia, até porque ela não era a favor do Brexit. Ela seguirá cautela no sentido de causar o menor número de riscos possíveis com essa saída”.

A indicação de May animou o mercado financeiro por sinalizar estabilidade ao turbulento cenário político britânico. Ela foi bem votada dentro do partido conservador levando à desistência de todas as candidaturas restantes.