Trump diz que Hillary não tem “resistência mental e física” para lutar contra EI

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2016 08h50
Hillary Clinton e Donald Trump

Donald Trump volta a atacar pessoalmente Hillary Clinton e diz que democrata não tem resistência física e mental para lutar contra o Estado Islâmico.

O comentário foi feito durante o anúncio da proposta dele para combater o terrorismo, em um discurso no estado de Ohio. “Hillary Clinton não tem julgamento, estabilidade, temperamento e caráter moral para liderar nosso país”, disse Trump. O candidato disparou ainda: “Clinton também não resistência mental e física para lutar contra o Estado Islâmico”.

Na semana passada, Trump já havia dito que Hillary era mentalmente desequilibrada.

O editorial de um dos jornais mais respeitados dos Estados Unidos, o “Wall Street Journal”, analisou as últimas falas do candidato.

A publicação apelou à direção do partido republicano: “se vocês não conseguirem que Trump mude de atitude até setembro, vocês não terão escolha além de descartá-lo da disputa e salvar as brigas pela Câmara e pelo Senado”.

Nesta segunda-feira (15), o republicano também apresentou uma nova medida do seu plano antiterrorista.

Trump lembrou que na Guerra Fria, o país tinha uma análise ideológica dos imigrantes. Segundo ele, chegou a hora de desenvolver uma nova triagem para as novas ameaças, o que ele chamou de exame exaustivo.

De acordo com assessores do candidato, o teste abordará questões ideológicas e pretende vetar a entrada de imigrantes de acordo com suas posições sobre liberdade religiosa, igualdade de gênero e direitos dos gays.

A campanha de Trump não esclareceu se o exame seria aplicado aos turistas que visitam ao país e não disse como será confirmada a veracidade das respostas.

*Informações do repórter Victor LaRegina