TSE quer depoimentos da Odebrecht em processo contra chapa Dilma-Temer

  • Por Jovem Pan
  • 24/02/2017 07h23
RIO DE JANEIRO/BRAZIL, 14APR09 - Participants captured during the World Economic Forum on Latin America in Rio de Janeiro, Brazil, April 14, 2009. Copyright World Economic Forum (www.weforum.org)/Photo by Cicero Rodriguesmarcelo odebrecht (Cicero Rodrigues/ World Economic Forum )

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Herman Benjamin marcou para a próxima semana depoimentos de executivos da Odebrecht que fizeram acordo de delação premiada dentro da Operação Lava Jato.

O ministro é relator do processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer em 2014 no TSE. Ele escutará Marcelo Odebrecht na quarta-feira (01), em Curitiba; Benedito Junior e Fernando Reis na quinta-feira (02), no RJ; Claudio Mello e Alexandrino Alencar em Brasília, no dia 06 de março.

O objetivo é apurar denúncias de que a campanha da chapa presidencial foi financiada com dinheiro de propina.

O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, explicou que, se necessário, outras testemunhas poderão ser ouvidas e destacou a importância do processo.

Com relação ao novo ministro do STF, Alexandre de Moraes, Mendes disse que ele irá superar as expectativas.

*Informações da repórter Luciana Verdolin