Vila Madalena só poderá ter blocos tradicionais no Carnaval de 2016

  • Por Jovem Pan
  • 18/11/2015 13h12

Bloco Quer casar comigo na Vila Madalena no último domingo (01); moradores reclamam que foliões ficam nas ruas até a alta madrugada.

Bloco Quer casar comigo na Vila Madalena

Mesmo com a folia mais curta, as mudanças anunciadas para o carnaval de rua da Capital Paulista não agradaram os moradores de bairros mais “castigados” com a festa. Em 2016, os foliões terão menos tempo para desfilar nos blocos, já que o calendário oficial da festa passou de cinco para três semanas.

Pinheiros, na zona oeste, vai ter menos desfiles e só irá acomodar só agremiações tradicionais do bairro. A Vila Madalena também deve contar com grupos já conhecidos da região. Ainda assim, as medidas deixam com um pé atrás os moradores destas áreas.

Diretor do Conselho de Segurança de Pinheiros e coordenador de uma associação de moradores ligada à Vila madalena, Tomas Green pondera que as medidas adotadas pela prefeitura podem até trazer melhorias para a vizinhança, porém, ainda precisam ser aperfeiçoadas.

“Agradeço, porque é um movimento na direção verta, mas foram várias coisas que solicitamos em abaixo-assinado protocolado no gabinete do Haddad em setembro, mas a maioria desses pontos ainda não estão sendo considerados”, diz Green. “Acho que (a medida) serão paliativas”

Em 2015, o carnaval em Pinheiros e na Vila Madalena registrou problemas que foram desde o acumulo de lixo nestas áreas, até tentativa de depredações de casas e barulho além do tempo previamente estipulado.

Dispersão

O Secretário municipal de cultura diz que a ideia é mudar as regiões de desfiles. Segundo Nabil Bonduki o carnaval deve adotar novos percursos evitando, por exemplo, avenidas como a Sumaré, ou a Av. Paulo VI.

“Blocos em regiões que, no ano passado, tiveram poucos desfiles, esperamos que neste ano tenham mais desfiles, mais apoio da Prefeitura nessas regões”, diz o secretário. “Com isso a gente está descentralizando e lutando para que a população como um todo participe do Carnaval”, justifica.

O carnaval de rua de são paulo 2016 deve ocorrer entre 29 de janeiro e 14 de fevereiro. A Secretaria Municipal da Cultura, que organiza o evento, prevê que 400 blocos poderão estar nas ruas da cidade no ano que vem.

Já estão abertas as inscrições para o cadastramento dos blocos. Elas devem ser feitas no site: carnavalderua.prefeitura.sp.gov.br

Informações da repórter JP Helen Braun