Vital do Rêgo e Marco Maia são alvos da Operação Lava Jato

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2016 09h18
Marco Maia

A Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Receita Federal realizam na manhã desta segunda-feira (05) operação no País no âmbito da Operação Lava Jato.

A nova fase da Lava Jato deflagrada pela PF e pela Procuradoria-Geral da República cumpre mandados nas residências do ministro do TCU Vital do Rêgo (PMDB) e do deputado petista Marco Maia (RS).

A operação foi autorizada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte, e faz parte das investigações da PF e da Procuradoria-Geral da República no inquérito no STF que apura a atuação dos dois políticos para blindar empreiteiros na CPI Mista da Petrobrás realizada em 2014.

A PF cumpre, com apoio da PGR, mandados de buscas nas residências de Maia e Rêgo e também em empresas. É a primeira vez desde o início da operação que agentes da Polícia Federal cumprem mandado na residência de um ministro do TCU, a corte responsável por, dentre outros, julgar as contas do governo federal.

Em julho do ano passado, a Lava Jato realizou buscas no escritório e na residência do advogado Tiago Cedraz, filho do presidente do TCU Aroldo Cedraz e alvo de outra investigação por suspeita de receber propina para favorecer empresários em julgamentos na Corte de Contas.

A suspeita é de que eles teriam negociado propina com empreiteiros que estavam na CPMI da Petrobras. Vital do Rêgo foi presidente da comissão e Marco Maia o relator.

Confira:

*Com informações de Estadão Conteúdo