Ex-presidente da Conmebol, Eugenio Figueredo é banido pela Fifa

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2019 12h05
Divulgação ConmebolEx-presidente da Conmebol, Eugenio Figueredo foi banido do futebol

O Órgão de Decisão da Comissão de Ética independente declarou o uruguaio Eugenio Figueredo, ex-presidente da Conmebol, “culpado de violar o Código de Ética da Fifa por propina”, motivo pelo qual foi banido do futebol pelo resto da vida, segundo anunciou a entidade nesta quarta-feira.

Em comunicado, a Fifa explicou que a decisão do Órgão de Decisão “considera que o Sr. Figueredo violou o art. 27 (propina) do Código de Ética”, por isso “o desabilitou por vida para participar de atividades relacionadas com o futebol (administrativas, esportivas ou qualquer outra) tanto no âmbito nacional como no internacional”.

Além disso, a entidade aplicou ao ex-dirigente uruguaio uma multa de um milhão de francos suíços (cerca de R$ 4,2 milhões). A inabilitação entra em vigor já nesta quarta-feira, segundo a Fifa.

Eugenio Figueredo, que foi vice-presidente e presidente da Conmebol, além de membro de diversas comissões da Fifa, foi investigado devido a um esquema de propinas envolvendo a concessão de direitos de televisão e marketing de torneios da confederação no período entre 2004 e 2015.

* Com informações da EFE

  • Tags: