O ex-presidente Lula, em reunião na CUT, tenta justificar as pedaladas fiscais

  • 14/10/2015 11h41