Carros-bomba explodem em Bagdá em aniversário da queda de Saddam

  • Por Agencia EFE
  • 09/04/2014 08h24

Bagdá, 9 abr (EFE).- Sete pessoas morreram e 60 ficaram feridas em uma série de atentados com carro-bomba realizados em áreas de maioria xiita de Bagdá, ao se completar nesta quarta-feira 11 anos da entrada na capital iraquiana das tropas americanas e da queda do regime do ex-ditador Saddam Hussein.

Segundo informou à Agência Efe uma fonte policial iraquiana, seis veículos explodiram em cinco áreas da capital, entre elas Al Kazemiya (norte), onde se registrou o atentado mais fatal, com três mortos e 12 feridos.

O primeiro veículo explodiu em Cidade de Sadr (leste), onde um civil morreu e seis ficaram feridos, e o segundo perto do mercado popular no bairro de Al Shaab (norte), onde deixou um morto e dez feridos.

No terceiro atentado, de características similares, dois civis morreram e 25 ficaram feridos perto do mercado Al Baui, na região de Al Shamiya.

O quarto carro explodiu na citada região de Al Kazemiya, enquanto o quinto e o sexto explodiram na área de Barak al Saadun (centro), onde houve seis feridos.

Hoje se completam 11 anos da queda da imponente estátua de Saddam Hussein situada no coração de Bagdá por soldados americanos em 9 de abril de 2003, uma ação transformada no símbolo da queda do regime. EFE