Costa Cruzeiros cancela escalas no porto da Tunísia após ataque

  • Por Agencia EFE
  • 19/03/2015 10h30

Roma, 19 mar (EFE).- A barqueira Costa Cruzeiros anunciou nesta quinta-feira que cancelou as escalas na Tunísia para garantir “a segurança dos passageiros e da tripulação”, após os ataques de ontem que deixaram vários turistas que viajavam em um de seus navios mortos, confirmou a companhia à Agência Efe.

“A segurança dos passageiros e da tripulação é uma prioridade para a Costa Cruzeiros. Após o que aconteceu na Tunísia decidimos cancelar as escalas de nossas embarcações no país, que serão substituídas por outras ainda a definir”, explicaram.

Um porta-voz da empresa informou que o cancelamento da escala na Tunísia valerá para todo o ano e que estão buscando escalas alternativas dependendo da travessia.

Um cruzeiro da companhia italiana, o Costa Fascinosa, junto com outro da MSC Cruzeiros tinha chegado ontem ao porto da Goulette.

Pelo menos 18 turistas de diferentes nacionalidades morreram no ataque cometido por um comando jihadista no coração da capital tunisiana.

Os dois italianos que morreram no atentado viajavam no Costa Fascinosa.EFE