Causa estranheza ataque a um dos ônibus de caravana de Lula

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2018 07h42
AGEPT"Três ônibus e o alvo não foi o ônibus em que estava o presidente. Eu desconfio. Para mim, tem mutreta aí”, diz Villa

No encerramento de caravana pelo Sul do país, Lula afirma que ninguém pode dizer que ele seja agressivo. Ao discursar em Curitiba, o petista voltou a criticar ataques que sofreu nos últimos dias, principalmente os tiros contra ônibus da comitiva dele.

Elite da polícia civil paranaense é escalada para investigar caso envolvendo a caravana de Lula. Mesmo assim, deputados petistas querem que a Polícia Federal seja acionada.

Também em Curitiba, Jair Bolsonaro diz que Lula “colhe” os ovos por tentar transformar o Brasil em um galinheiro.

Por outro lado, sete presidenciáveis condenaram o ataque à comitiva do PT.

“O que interessa agora é que ele está colhendo o que plantou. E o STF está colhendo o que plantou. Precisa investigar, mas para mim causa estranheza. Três ônibus e o alvo não foi o ônibus em que estava o presidente. Eu desconfio. Para mim, tem mutreta aí”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo: