Polícia alemã faz operação em Berlim em busca de colaboradores do jihadismo

  • Por Agencia EFE
  • 22/09/2015 07h20

Berlim, 22 set (EFE).- Centenas de agentes cumpriram mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira em vários edifícios de Berlim, entre eles o da associação de uma mesquita, como parte de uma operação para combater supostos colaboradores do jihadismo na Síria, informou a polícia da capital alemã.

Um porta-voz das forças de segurança detalhou que as buscas fazem parte de uma investigação em curso há meses pela suspeita da existência de planos de ataques contra a segurança do Estado.

Entre os suspeitos está um cidadão marroquino de 51 anos, acusado de incitar outras pessoas a se juntarem a grupos jihadistas na Síria na luta armada contra o regime do presidente Bashar Al-Assad.

O segundo suspeito é um jovem macedônio de 19 anos, que supostamente se encontra atualmente na Síria combatendo entre os jihadistas.

Segundo a polícia, não há indícios de que os acusados estavam planejando atentados na Alemanha.

Também não há relação com o caso de um islamita morto na semana passada em Berlim depois que o mesmo atacou uma agente com uma faca. EFE