Uruguai promove suas vantagens como plataforma para empresas brasileiras

  • Por Agencia EFE
  • 28/04/2014 13h37

São Paulo, 28 abr (EFE).- O vice-presidente do Uruguai, Danilo Astori, promoverá amanhã, terça-feira, as vantagens de seu país como possível sede de centros de serviços e de distribuição de empresas brasileiras em um seminário na cidade de São Paulo para grandes executivos brasileiros.

Astori será o principal expositor no seminário “Uruguai: Plataforma de Expansão Regional”, que acontecerá na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O evento tem como principal objetivo mostrar a empresários brasileiros as vantagens que o Uruguai pode lhes oferecer como plataforma para a oferta de serviços e para a distribuição de mercadorias em nível regional, segundo um comunicado divulgado hoje pela Fiesp.

Astori abrirá o evento com uma exposição sobre o panorama dos negócios no Uruguai e as vantagens de investir em seu país.

A condição do Uruguai como destino atrativo para empresas brasileiras interessadas em oferecer serviços ao país vizinho também será promovida pelo gerente geral do Instituto de Promoção de Investimentos e Exportações e Serviços (Uruguai XXI), Álvaro Inchauspe.

No evento também serão apresentados casos de sucesso de empresas que se instalaram no Uruguai para oferecer serviços, como a Lobraus, empresa brasileira especializada em logística, e a Tata Consultancy Services, da região ibero-americana, de origem indiana e que oferece do Uruguai serviços para clientes de países como Espanha, Portugal, Estados Unidos e Reino Unido.

Está prevista, igualmente, uma rodada para que empresas brasileiras consultem representantes de empresas uruguaias de consultoria, analistas de investimentos, operadores logísticos e diretores de operadoras nas zonas francas uruguaias.

O objetivo das empresas uruguaias participantes do evento é “se posicionar como potenciais parceiros estratégicos para companhias brasileiras interessadas em offshoring e outsoucing no Uruguai”, de acordo com o instituto Uruguai XXI.

Para a Fiesp, a exportação de serviços globais está ganhando importância entre as estratégias de desenvolvimento do Uruguai, a ponto de que os serviços já respondem por cerca de 60% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Segundo dados citados pela patronal brasileira, os serviços prestados no Uruguai para outros países cresceram 80% nos últimos cinco anos.

O seminário é promovido conjuntamente pelo Uruguai XXI, pela Fiesp e pela embaixada do Uruguai no Brasil. EFE