Bolsonaro permanece estável e em jejum oral

  • Por Jovem Pan
  • 17/09/2018 10h50 - Atualizado em 17/09/2018 10h53
Reprodução/FacebookO candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) passou, neste domingo, para a unidade de cuidados semi-intensivos

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) permanece em condições estáveis, sem febre, com função intestinal em recuperação e em jejum oral, informou nesta segunda-feira (17) o Hospital Albert Einstein. Neste domingo, o candidato à presidência recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e passou para uma unidade de cuidados semi-intensivos.

“Segue com medidas de prevenção de trombose venosa e realizando os exercícios respiratórios e de fortalecimento muscular”, diz o boletim médico. O documento é assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo (cirurgião), Leandro Echenique (clínico e cardiologista) e Miguel Cendoroglo (diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein).

Ainda ontem, depois de aparecer em um vídeo caminhando pelos corredores do hospital, Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo pelas redes sociais. Ele agradeceu à família e à equipe médica que tem liderado seu tratamento; atacou o PT; e defendeu o voto impresso. Segundo Bolsonaro, a céula impressa é necessária para “evitar fraudes” nas eleições.

Ele está internado há onze dias em São Paulo por causa do ataque que sofreu na quinta-feira do dia 6 em Juiz de Fora (MG).