Águia de Ouro homenageia Maria e a força da mulher, mas não levanta o público

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2016 03h05

Águia de Ouro celebra Maria no Carnaval

Águia de Ouro celebra Maria no Carnaval

A Águia de Ouro foi a terceira escola a entrar no Anhembi. O tema central foi a feminilidade e a maternidade, tema puxado pelos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. “Ave Maria cheia de faces” foi o samba que embalou o desfile.

A homenagem às mulheres esteve em várias figuras femininas de poder na história. No segundo carro da escola, foi representada Ísis, deusa do sol e da lua, além de mãe do Egito. Em outro carro, uma enorme imagem de Gaia, mãe-terra, segundo a mitologia grega, apareceu com uma águia de ouro atrás de si.

As figuras do sol e da lua estiveram presente no desfile em duas alas diferentes, uma dourada e outra prateada e azul, que fizeram um bonito contraste na avenida. Ainda na mesma simbologia, Artemis, deusa virgem mitologia grega, foi lembrada. Ela era irmã de Apolo, deus do sol, e também é representada pela lua.

Buscando o primeiro título do grupo de elite do carnaval paulista, a Águia de Ouro teve 3200 integrantes, divididos em 25 alas e cinco carros alegóricos. Um ponto que pode atrapalhar é a letra do samba, que não tem a simplicidade dos sambas que mais contagiam e levantam o público. Pelo contrário: é uma temática bem desenvolvida e profunda, assim como o tema de todo o desfile.

O tema da opressão esteve presente na apresentação da escola. Além da força da mulher, ainda subjugada pelo machismo na sociedade, houve lembranças sobre o período da escravidão. Por outro lado, a África foi representada como mãe, assim como as outras mulheres do desfile.

O grande destaque foi, obviamente, Maria, mãe de Jesus, que foi representada pela atriz Nicette Bruno e apareceu com Jesus recebendo seu carinho a seus pés. Ela foi a representação máxima do que a Águia de Ouro representou no Carnaval 2016: a mulher e toda a sua feminilidade, força e importância.

Ave Maria cheia de faces

O céu se abriu

Mostrou seu luar

Pra ver minha Águia de Ouro passar

Ave Santa Mulher que me guia

O nosso Azul e Branco

É de Maria

 

Mãe

Divina dona da terra

Sentimento de amor e magia

Abençoa este Carnaval

Derrama sua luz sagrada em todos nós

Deusa do sol e da lua

De faces marcantes

Dama universal

Hoje trago minha prece

Rainha Clemente

Teu fruto o Rei Salvador

 

Chorou tanta dor

Mãe África

Hão de florescer teus filhos

Em cada palmo de chão

Iluminando o terreiro

Da miscigenação

 

Sublime aparição

És majestosa

Faz mais feliz

O meu caminhar

Formosa

 

Estende o teu manto sobre nós

Amada padroeira do Brasil

Pois a Pompéia cantando

Te pede perdão