De casa, Ludmilla fala sobre internação de emergência: ‘Dor infernal’

  • Por Jovem Pan
  • 18/05/2020 08h52
Reprodução/FacebookCantora precisou ser internada após passar mal com fortes dores nos rins

Ludmilla teve alta no domingo (17) após ser internada às pressas por uma infecção nos rins. De casa, a cantora fez uma live para atualizar os fãs sobre seu estado de saúde. Ela relembrou que sentiu muita dor na madrugada da última quarta-feira (13).

“Tinha me dado aquela dor e estava doendo demais! E nada da dor passar. Comecei a sentir febre, calafrios, dor insana, eu estava envergada. Brunna [Gonçalves, sua mulher] do meu lado de madrugada. Mas aí fui pro hospital, com aquela dor infernal, insana”, disse.

Ludmilla contou que recebeu o diagnóstico de pielonefrite aguda por causa de uma bactéria de infecção urinária que subiu para os rins. “Eu não queria ir pro hospital por causa do coronavírus, mas ela disse que eu estaria ferrada se não tivesse ido”, completou.

A cantora precisou ser medicada com morfina para aliviar as dores. “Ela falou que ia me dar morfina e eu: ‘caraca, é o remédio do Michael Jackson!’. Eu estava com medo.”

Ludmilla agora continua o tratamento em casa e agradeceu o carinho e preocupação dos fãs. “Estou em tratamento ainda, tomando remédio e fazendo dieta, já que tem coisas que não posso comer. Queria agradecer todas as orações, mensagens que vocês me mandaram. Isso foi muito importante. A gente quer desanimar, aí você pega o seu celular e tem tanta gente que te ama, que precisa do seu sorriso.”