Paul McCartney homenageia vítimas de Charleston no festival Fireflie

  • Por Jovem Pan
  • 20/06/2015 16h02
Wikimedia commons<p>Paul McCartney homenageia vítimas de Charleston</p>

Na última quarta-feira (17), a cidade de Charleston, no estado da Carolina do Sul nos Estados Unidos, presenciou um massacre que exultou na morte de nove pessoas negras, assassinadas dentro de uma igreja por um jovem que declarou buscar ascender uma “guerra racial”. Depoir de Beyoncé e Nicki Minaj se manifestarem sobre o assunto em suas redes sociais, foi a vez do músico Paul McCartney, que o fez durante sua apresentação no festival Fireflie, em Delaware.

No meio do show, depois de animar a plateia com músicas clássicas de seu repretório como ‘Save Us’, McCartney pede uma pausa: “vamos tirar um momento para rezar por paz e harmonia entre pessoas de todas as diferentes cores no mundo”, disse.

Então, como um tribute às vítimas do atentado, Paul cantou a música ‘The Long and Winding Road’, enquanto também tocava o piano. “Na noite selvagem e tempestuosa que a chuva eliminou, deixou uma piscina de lágrimas chorando pelo dia. Por que me deixar aqui sozinho? Mostre-me o caminho”, diz um trecho da canção dos Beatles.

Sobre o acontecimento, Nicki Minaj postou em sua conta no Twitter: “pessoas inocentes reunidas para louvar a Deus foram brutalmente assassinadas. Celebrem a vida e as pessoas que amam”, escreveu na rede social. Já Beyoncé, postou um vídeo no Instagram com os nomes das vítimas, com a legenda: “meu coração para as famílias, entes queridos e todos aqueles afetados pela tragédia sem sentido em Charleston. Que descansem em paz”.