Polícia Civil do Rio de Janeiro indicia Cara de Sapato e MC Guimê por importunação sexual

Durante uma festa do Big Brother Brasil 2023 em março, cantor e lutador teriam abusado da mexicana Dania Mendez

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2023 18h39 - Atualizado em 27/04/2023 18h42
Reprodução/ TV Globo mc guimê e antônio cara de sapato Caso envolvendo MC Guimê e Cara de Sapato aconteceu durante participação da dupla no Big Brother Brasil 2023

A Polícia Civil do Rio de Janeiro concluiu o inquérito que investigava o cantor MC Guimê e o lutador Cara de Sapato pelo crime de importunação sexual. A dupla foi indiciada e o inquérito foi enviado para o Ministério Público. Durante uma festa do Big Brother Brasil 2023 em março, Guimê a Cara de Sapato teriam abusado da mexicana Dania Mendez, que fazia um intercâmbio na casa mais vigiada do Brasil. Na oportunidade, o cantor passou a mão no corpo da mexicana sem o consentimento dela. Já o lutador a beijou e fez contatos físicos forçados. Na noite seguinte, os dois foram expulsos do programa. Inclusive, na época, as equipes dos participantes pediram desculpas pelas atitudes de ambos. A investigação contra a dupla se iniciou em 16 de março e durou pouco mais de um mês. O Ministério Público do Rio de janeiro recebeu o inquérito nesta quarta-feira, 26. A 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal de Violência Doméstica da Área Oeste vai determinar se denuncia ou não a dupla. O caso está sob sigilo. O site da Jovem Pan entrou em contato com a assessoria de ambos, mas até o momento não obteve resposta.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.