Filme produzido por Michael Bay sobre pandemia é vetado por entidade

Federação Americana de Artistas de Televisão e Rádio alegou falta de protocolos de segurança para o início da produção sobre Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 04/07/2020 16h23 - Atualizado em 04/07/2020 16h24
DivulgaçãoDiretor é conhecido por filmes de ação e atuará como produtor em longa apocalíptico

O filme “Songbird“, do diretor americano Michael Bay sobre a pandemia do novo coronavírus, teve sua produção vetada pela Federação Americana de Artistas de Televisão e Rádio. Segundo informe da entidade, “os produtores não foram específicos sobre seus protocolos de segurança”.

O sindicato também afirmou que os produtores não se tornaram signatários do acordo sobre a volta das filmagens. Pelo cronograma da produção, os trabalhos começariam logo, uma vez que, desde dia 12 de junho, trabalhos de filmagens estão permitidos em Hollywood, mas sob regras sanitárias e de segurança, como uso de máscara, equipe reduzida no set e redução de cenas com contato físico.

“Songbird” foi anunciado em maio e tinha como proposta abordar um futuro em que a pandemia de Covid-19 ainda persiste e todo o mundo adaptou a vida sob rígidas ordens de isolamento social. “Atividade Paranormal” e “Cloverfield” foram citados pelos produtores como referências para “um clima de paranoia” e desconfiança dos governos.

*Com Estadão Conteúdo