Corinthians ‘acha’ gol aos 45 do 2º tempo e vence o Goiás fora de casa

Modificado por Tiago Nunes, time começa melhor a partida, mas cai de rendimento e marca nos últimos minutos

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2020 21h39 - Atualizado em 02/09/2020 21h45
Rodrigo Coca/Agência CorinthiansAvelar comemora o gol da vitória corintiana em Goiás

Vindo de uma derrota no clássico para o São Paulo no último domingo, o Corinthians precisava vencer o Goiás no Estádio Serrinha, em Goiânia, para se aproximar dos líderes do Campeonato Brasileiro. Ainda sem encontrar um time ideal, Tiago Nunes promoveu mudanças no meio de campo e no ataque, que pareciam ter sido certeiras nos minutos iniciais. Depois de abrir o placar, o Corinthians perdeu o fôlego e o Goiás passou a ganhar espaço, e chegou ao empate em uma falha generalizada no setor defensivo alvinegro. No finalzinho, o alvinegro partiu para a pressão após as substituições, e achou o gol da vitória em uma bola parada cabeceada por Danilo Avelar.

O JOGO

O primeiro tempo começou equilibrado em Goiânia. De um lado, o Goiás procurava espaços para criar no meio de campo, enquanto o alvinegro apostava nas jogadas de velocidade pelas laterais para ameaçar o gol de Tadeu. A primeira grande chance do alvinegro foi aos 14 minutos, com Mosquito. Estreante no time titular, ele recebeu de Jô na esquerda e bateu cruzado. A bola passou com muito perigo ao lado do gol, raspando a trave.

O primeiro gol surgiu em um lance muito parecido com do último domingo, quando o Timão enfrentou o São Paulo no Morumbi. Em sua jogada característica, a bola em profundidade, Cantillo buscou Ramiro que entrava por trás da zaga adversária. Na tentativa de fazer o desvio, o zagueiro Fábio Sanches chutou para dentro do gol e marcou contra.

O gol deu tranquilidade para que o Corinthians dominasse a partida, segurando as investidas do time esmeraldino. No fim do primeiro tempo, os donos da casa pressionaram, mas Cássio fez duas belas e dificílimas defesas em seguida. Em uma cobrança de escanteio, o lateral Piton tentou tirar, mas a bola ficou no bate e rebate para o goleiro salvar. Mike ficou com o rebote, e em novo cruzamento, o gigante salvou com os pés, embaixo da trave.

Para proteger o sistema defensivo e liberar Cantillo para jogar mais adiantado, Tiago Nunes voltou do intervalo com Gabriel no lugar de Camacho, que vinha de lesão. Mas o Goiás foi quem voltou melhor. O time apostou nas jogadas de velocidade para surpreender a zaga adversária, e logo nos cinco minutos já chegou com perigo com Vinícius Lopes.

A inércia diante do domínio do meio de campo do Goiás, o Corinthians levasse o empate. No meio da desorganização da zaga corintiana, Vinícius Lopes fez boa infiltração nas costas de Gil e bateu na saída de Cássio, e dessa vez o goleiro não conseguiu salvar.

Errando muitos passes e dando oportunidades ao Goiás, o Corinthians tentou a pressão com Otero e Léo Natel, que herdaram as vagas de Gustavo Mosquito e Ramiro. O time teve nova chance com o Luan aos 36 minutos, mas o camisa 7 não aproveitou o passe de Léo Natel no meio da área. Ele tentou bater colocado, mas Tadeu fez bela defesa. No rebote, Otero chuta forte e a defesa tira.

Aos 45 minutos, Danilo Avelar surgiu no meio da área para fazer o gol da vitória. Em escanteio cobrado por Otero, a bola quica na pequena área e sobra na cabeça do zagueiro, sem chances para Tadeu.

O próximo compromisso do Timão é contra o Botafogo, na Arena Corinthians, no próximo sábado, às 19h. Com a vitória, o time chegou a 9ª colocação, com 8 pontos. Já o Goiás vai ao Recife enfrentar o Sport. O time esmeraldino é o 19º, a frente apenas do clube pernambucano na classificação geral do campeonato.

GOIÁS X CORINTHIANS

GOIÁS – Tadeu; Juan Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Sandro, Ratinho (Miguel Figueira) e Daniel Bessa; Keko (Ignacio Jara), Vinicius Lopes (Douglas Baggio) e Mike (Kevin Kevedo).

CORINTHIANS – Cássio; Fágner, Gil, Avelar e Piton; Camacho (Gabriel), Cantillo (Éderson), Luan (Araos) e Ramiro (Léo Natel); Gustavo Mosquito (Otero) e Jô.

GOLS – Vinícius Lopes (21/2ºT) para o Goiás; Fábio Sanches (contra – 27/1ºT) e Danilo Avelar (45/2ºT) para o Corinthians.

CARTÕES AMARELOS  – Ramiro (29/1ºT), Fágner (44/2ºT) e Otero (49/2ºT) no Corinthians; Vinícius Lopes (28/1ºT) no Goiás.

ÁRBITRO – José Mendonça da Silva Júnior.

LOCAL – Estádio da Serrinha, em Goiânia.