Luan desabafa e pede mais oportunidades a Mancini no Corinthians; confira

Meia-atacante, que fez apenas seis partidas com a camisa do Timão em 2021, aguarda por mais chances: ‘Isso faz falta, o ritmo de jogo’

  • Por Jovem Pan
  • 13/04/2021 11h13 - Atualizado em 13/04/2021 19h00
MARCELLO ZAMBRANA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOLuan durante partida entre Corinthians x Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro 2020

O Corinthians desembolsou uma alta quantia para tirar Luan do Grêmio, em janeiro do ano passado, quando o clube ainda tinha Tiago Nunes como treinador de seu time principal. Até o momento, no entanto, o meia-atacante ainda não emplacou. Na noite da última segunda-feira, 12, o jogador desabafou e mostrou incômodo com o fato de não receber muitas oportunidades com o técnico Vagner Mancini. Em 2021, ele fez apenas seis partidas pelo Alvinegro paulista, sendo três no Campeonato Brasileiro e outras três no Campeonato Paulista.

“Desde quando o Mancini chegou, eu tive poucas oportunidades de começar jogando, de poder entrar jogando uma partida. Se perguntar para qualquer jogador isso faz falta, o ritmo de jogo”, iniciou Luan, em entrevista ao “Arena SBT”. “Mas tem que perguntar para ele porque eu não tenho oportunidade de jogar. Se eu não me engano, sou o único ali da frente que não teve sequência de jogos. Eu fico chateado por não jogar. Fico triste de estar no meu time de coração e não ter oportunidade. Eu sei o que a diretoria fez para me contratar”, completou o atleta, que ainda comentou o fato de ter ficado no banco de reservas nos últimos quatro jogos. “Pelo que eu entendi foi mais uma opção tática, da forma como ele queria montar a equipe. Entendo que por isso ele não tem me colocado.” Luan pode voltar a entrar em campo na noite desta terça-feira, 13, quando o Corinthians enfrenta a Ferroviária, fora de casa, pelo torneio estadual. Líder do Grupo A, o time da capital também é o melhor da classificação geral do Paulista.