Ronaldo Giovanelli chama Paulo André de ‘babaca’ por processar o Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 14/05/2020 15h48
EFEPaulo André é ex-zagueiro do Corinthians

Ídolo do Corinthians, Ronaldo Giovanelli detonou a conduta de Paulo André, ex-zagueiro do clube que foi à Justiça e acusou o Timão de ter descumprido diversas obrigações trabalhistas, entre elas o não pagamento de adicional noturno e hora-extra por ter jogado à noite e em domingos e feriados.

“Tem que saber sair, tem que saber o lugar que ele entrou, que valorizou o cara”, afirmou o ex-goleiro, em uma live da TV Corinthians no Youtube, na última quarta-feira (13). “Não vou nem citar o Paulo André aqui, não vou falar porque, para mim, ele foi um p… de um babaca”, completou.

O Corinthians perdeu o processo e foi condenado a pagar R$ 1,2 milhão ao ex-zagueiro. Após acordo, no entanto, ficou decidido que o clube terá de desembolsar R$ 750 mil, divididos em 15 parcelas, até maio do ano que vem.

“Cada um tem seu direito, mas mudar toda a história, colocar uma outra coisa, eu não vou fazer isso”, falou Ronaldo Giovanelli.

A cobrança de Paulo André irritou a diretoria corintiana, que chegou a enviar uma carta à CBF (Confederação Brasileira de Futebol), FPF (Federação Paulista de Futebol) e Rede Globo avisando que não iria disputar jogos à noite, aos domingos e feriados.

Fato semelhante aconteceu com o São Paulo, que foi processado pelo volante Maicon pelos mesmos motivos e também perdeu a causa, sendo obrigado a pagar R$ 200 mil ao hoje jogador do Grêmio.