Sem Rodriguinho, faltou criatividade ao Corinthians em empate na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2018 10h08
MAURICIO DUEÑAS CASTAÑEDA / EFEMateus Vital, em seu primeiro jogo numa Libertadores, teve a missão de substituir Rodriguinho

Mesmo repetindo o 4-2-4 que garantiu a vitória por 2 a 0 em cima do Palmeiras no clássico do último sábado (24), o Corinthians não apresentou o mesmo brilho na partida contra o Millonarios na Libertadores. Sem contar com o “maestro” Rodriguinho, suspenso por conta da confusão no jogo contra o Racing pela Copa Sul-Americana do ano passado, o time ficou no 0 a 0. Mesmo assim, o  resultado foi considerado satisfatório para uma estreia fora de casa.

Quem teve a missão de substituir o principal destaque do derby foi Mateus Vital. A falta de experiência, no entanto, pesou ao garoto em seu primeiro jogo numa Libertadores. Assim como foi todo o restante da equipe, faltou criatividade. Apesar de ter segurado o Millonarios e saído com o empate, o Corinthians não soube aproveitar as poucas chances que teve, terminando a partida com apenas três finalizações.

Se faltou brilho ao ataque, parte da defesa merece elogios. Tanto Balbuena quanto Fagner provaram o quanto segurança e experiência são importantes numa Libertadores e conseguiram conter o avanço do time colombiano. Mesmo sendo responsável pela melhor chance do Corinthians no jogo, com uma bola na trave, Henrique não acompanhou o ritmo do seu parceiro e deixou o lado esquerdo da defesa mais vulnerável e exposto.

No final das contas, Carille aprovou o desempenho que a equipe apresentou em Bogotá. “Viemos para buscar a vitória, mas por tudo o que aconteceu no primeiro tempo, saímos satisfeitos com o empate. No segundo ficamos mais com a bola, criamos oportunidades, agredimos mais o gol adversário. Por isso a gente comemora bastante esse ponto em Bogotá. Na Libertadores, é importante somar pontos fora de casa”, destacou o treinador na coletiva após o jogo.

Após a estreia na Libertadores, o foco do Corinthians se volta para o clássico do próximo domingo (4), contra o Santos, pelo Campeonato Paulista. A Jovem Pan apresenta todas as emoções do duelo com som e imagem. Além de transmitir a partida pelo AM 620 e aplicativos, a JP traz a narração de Nilson Cesar e comentários de Vampeta e Flavio Prado nas redes sociais e YouTube.