Como Tiago Nunes pode armar o ataque do Corinthians após a contratação de Jô

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2020 11h08 - Atualizado em 26/06/2020 11h09
Rodrigo Coca/Agência Corinthians/DivulgaçãoJô é o novo reforço do Corinthians

Tiago Nunes ganhou uma opção de peso para montar o seu ataque após a paralisação do futebol devido à pandemia de Covid-19. Na última quinta-feira (25), o centroavante Jô foi apresentado como novo reforço do Corinthians, ficando à disposição do treinador e assinando contrato por três temporadas e meia. Mas como o técnico do Alvinegro poderá montar o seu time com a nova peça?

Antes de realizar este exercício, vale lembrar que Tiago Nunes perdeu duas peças importantes para o setor. Pedrinho, joia formada nas categorias de base do clube, foi vendido ao Benfica (Portugal) e não joga mais pelo time do Parque São Jorge. Já Vagner Love acabou rescindindo contrato e, posteriormente, fechando com uma equipe da primeira divisão do Cazaquistão.

Desta forma, Tiago Nunes irá promover algumas mudanças no Corinthians em comparação com as últimas escalações da equipe – o empate em 1 a 1 contra o Ituano, em Itaquera, no dia 15 de março, foi o último confronto do time.

Recém-contratado, Jô chega na sua terceira passagem pelo Corinthians com status de titular e recebendo o carinho da torcida nas redes sociais. O experiente atacante, no entanto, dificilmente fará dupla de ataque com Mauro Boselli, argentino que vivia convivia entre os 11 titulares. Isto, porque Tiago Nunes não costuma colocar dois centroavantes em campo.

Em entrevista coletiva, o próprio Jô não encarou a possibilidade com naturalidade. “Tudo é possível, a gente tem que estar preparado para ajudar o Corinthians. Já atuei algumas vezes com dois atacantes fixos. São dois jogadores com características parecidas, mas a gente está aqui para ajudar. Se o Tiago optar por um jogo ou não sei quantos jogos… Quem vai poder responder melhor é ele, mas a gente está disposto a ajudar, independentemente da posição”, comentou.

Boselli

Se continuar escalando o Timão no 4-2-3-1, Tiago Nunes deverá ter algumas dúvidas para escalar as pontas: Yony González, Janderson, Mateus Vital e Everaldo são os principais candidatos. Já atrás do centroavante, Luan deverá ganhar mais oportunidades – ele marcou o último gol dos paulistas antes da pausa e é um dos principais reforços da temporada.

Assim, Tiago Nunes pode testar um time com: Cássio; Fagner, Gil, Pedro Henrique e Sidcley; Camacho, Cantillo, Luan; Yony González (Mateus Vital), Janderson (Everaldo) e Jô.

O comandante, porém, pode abrir uma exceção e escalar uma equipe com dois centroavantes. Desta forma, o Corinthians teria mais presença da área e precisaria de ainda mais movimentação ofensiva. O time seria: Cássio, Fagner, Gil, Pedro Henrique e Sidcley; Camacho, Cantillo, Luan e Yony González; Jô e Boselli.

O Campeonato Paulista foi paralisado na 10ª rodada, restando duas para a fase de mata-mata. De acordo com o secretário de Esportes de São Paulo, o Estadual deverá ser retomado entre o fim de julho e o começo de agosto.

Já o Campeonato Brasileiro, que deveria ter começado em maio, pode começar em agosto. Ontem, a CBF estimou que as primeiras rodadas podem ser iniciadas nos dias 8 e 9 de agosto para as séries B e A, respectivamente.