‘Era muito tumultuado’, diz técnico que ‘desistiu’ de comandar a Portuguesa

  • Por Jovem Pan
  • 27/02/2019 12h08 - Atualizado em 27/02/2019 12h18
Divulgação Paulo Roberto Santos, São Bento Um dos maiores técnicos da história do São Bento de Sorocaba, Paulo Roberto Santos desistiu de assumir a Portuguesa

Dois dias. Esse foi o tempo que durou a passagem de Paulo Roberto Santos pela Portuguesa. Quarenta e oito horas depois de ser anunciado como novo treinador da Lusa, o “Luxemburgo do Interior” voltou atrás e desistiu de assumir o comando técnico da equipe rubro-verde.

Em entrevista exclusiva ao locutor Fausto Favara, da Rádio Jovem Pan, Paulo Roberto Santos abriu o jogo. Explicou que o pouco tempo para salvar o time do rebaixamento à Série A3 do Campeonato Paulista e o “dia a dia tumultuado” do clube o fizeram repensar a decisão.

“Eu tinha um acerto com a diretoria e seria apresentado oficialmente na segunda-feira, mas algumas situações que eu acabei observando e presenciando no domingo, quando estive no jogo contra a Penapolense, me fizeram repensar a decisão”, esclareceu o treinador.

“Mediante a isso, eu conversei com a diretoria e pedi para que não fosse apresentado e, quem sabe, deixar para outra oportunidade. O tempo é muito curto, e eu senti que o dia a dia do clube era muito complicado, muito tumultuado, o que, ao meu ver, poderia estar prejudicado o desempenho da equipe dentro de campo”, acrescentou.

Com a derrota para o Penapolense no último domingo, a Lusa caiu para a última posição da Série A2 do Paulistão, com apenas cinco pontos e nenhuma vitória na competição estadual. Faltam seis rodadas para o fim da primeira fase, e o time do Canindé tentar fugir do rebaixamento – o novo treinador ainda não foi definido.

A entrevista exclusiva de Fausto Favara com Paulo Roberto Santos vai ao ar no próximo Plantão de Domingo, na Rádio Jovem Pan. Fique ligado!