Aos 35, Cristiano Ronaldo embala na Juventus e já supera últimas temporadas na Espanha

“Como um bom vinho”, português cala críticos, prova que só melhora com o tempo e já soma números de melhor do mundo na Itália

  • Por Bruno Landi
  • 14/07/2020 15h27
Juventus/DivulgaçãoCristiano Ronaldo tem feito grande temporada pela Juventus

“Como um bom vinho”. Foi desta forma, ressaltando a capacidade de melhorar com o tempo, que a imprensa espanhola destacou o bom momento vivido por Cristiano Ronaldo na Juventus. Após uma primeira temporada “tímida” para os padrões de um dos maiores artilheiros da história do futebol, o craque português embalou e, aos 35 anos, apresenta, na Itália, desempenho digno de um jogador do seu quilate. São 32 gols em 40 jogos e imenso protagonismo em uma temporada que, curiosamente, já supera os dois últimos anos de CR7 no Campeonato Espanhol.

Em 2016/17, o português anotou 25 gols e seis assistências em partidas de La Liga. Na temporada seguinte, a última do atacante no Real Madrid, foram 26 gols e cinco assistências na competição nacional. Em 2019/20, por sua vez, Cristiano já acumula 28 gols e seis assistências em 28 atuações no Campeonato Italiano. O craque está a apenas um gol do artilheiro da Série A, Ciro Immobile, e ainda restam seis rodadas para o término do torneio. Ou seja, ao que tudo indica, CR7, que já foi o maior goleador de edições do Campeonato Inglês e do Campeonato Espanhol, adicionará mais uma liga nacional ao seu currículo.

Quando se imaginava que a parada de mais de três meses do futebol prejudicaria o português, que, com idade elevada, sentiria falta de ritmo de jogo, o oposto aconteceu: Cristiano Ronaldo “explodiu” após a retomada e, em oito jogos, já soma sete gols. Só no Campeonato Italiano, são 18 partidas consecutivas com um gol ou uma assistência do craque, que, decisivo como sempre, balançou as redes 17 vezes contra rivais da metade de cima da tabela. CR7 só não marcou em seis das 28 partidas que disputou na liga nacional e está a cinco gols de superar uma marca que já dura 86 anos: a de se tornar o maior artilheiro da história da Juventus em uma única edição do Campeonato Italiano – o recordista, Felice Borel, anotou 32 gols em 1933/34.

Todos esses números podem ganhar ainda mais força se forem acompanhados por títulos. E eles, é claro, estão na mira do atacante português. A Juventus caminha a passos largos para faturar o nono Campeonato Italiano consecutivo e segue vivo na disputa da Liga dos Campeões da Europa. O time de Turim encara, no dia 7 de agosto, o Lyon, dentro de casa, pela partida de volta das oitavas de final do torneio europeu. No jogo de ida, disputado em fevereiro, os franceses venceram por 1 a 0. Ou seja, a Velha Senhora precisa de um triunfo para avançar às quartas. Com Cristiano Ronaldo, maior artilheiro da história da competição, em grande fase, alguém tem dúvidas de que mais uma remontada pode acontecer? É esperar para ver…