Camisa utilizada por Maradona no gol da ‘mão de Deus’ é leiloada a R$ 44,5 milhões e bate recorde 

O item bateu o recorde de preço pago por um uniforme de esporte – a marca pertencia a uma camiseta usada pelo ídolo do beisebol Babe Ruth, vendida por 5,64 milhões de dólares em 2019

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2022 12h46 - Atualizado em 04/05/2022 13h01
Divulgação/FIFA Futebol Seleção Argentina Maradona Maradona marcou um gol de mão na vitória da Argentina sobre a Inglaterra, pelas quartas de final da Copa do Mundo de 1986

Uma pessoa pagou 7,14 milhões de libras (aproximadamente R$ 44,5 milhões) para ficar com a camisa utilizada por Diego Armando Maradona na vitória da Argentina por 2 a 1 sobre a Inglaterra, em partida válida pelas quartas de final da Copa do Mundo de 1986, disputada no México – o leilão da peça foi encerrado na manhã desta quarta-feira, 4. Na ocasião, o craque marcou dois dos gols mais emblemáticos da história do futebol mundial.

O primeiro foi intitulado pelo próprio Maradona como “La mano de Dios” (A mão de Deus, em tradução livre), quando o astro argentino utilizou sua mão esquerda para abrir o placar diante dos ingleses. Quatro minutos depois, o camisa 10 pegou a bola no meio-campo, enfileirou a defesa adversária e anotou um gol antológico, considerado um dos mais belos da história das Copas. A partida, além disso, ficou marcada como uma “revanche” da Argentina contra o Reino Unido, que havia vencido a Guerra das Malvinas quatro anos antes, em 1982.

Camisa usada por Maradona na vitória da Argentina sobre a Inglaterra, em 1986, foi leiloada por R$ 44 milhões

Camisa usada por Maradona na vitória da Argentina sobre a Inglaterra, em 1986, foi leiloada por R$ 44 milhões

A camisa azul como o número 10 utilizada por Maradona ficou com o ex-jogador Steve Hodge, que alega ter trocado de uniforme com o craque após o jogo no estádio Azteca, na Cidade do México. O valor pago pela peça superou as expectativas da casa de leilões Sotheby’s, que estimou o valor entre 4 milhões e 6 milhões de libras. Além disso, o item bateu o recorde de preço pago por um uniforme de esporte – a marca pertencia a uma camisa usada pelo ídolo do beisebol Babe Ruth, vendida por 5,64 milhões de dólares em 2019.