Com ‘ousadia’ de Lampard, Chelsea bate Arsenal de virada com dois gols no fim

  • Por Jovem Pan
  • 29/12/2019 13h45
Neil Hall/EFEFrank Lampard e os jogadores do Chelsea comemoraram efusivamente a vitória do Chelsea por 2 a 1

O Chelsea fechou o ano de 2019 da melhor maneira possível. Neste domingo, com dois gols nos últimos minutos, derrotou de virada o Arsenal por 2 a 1, no clássico de Londres, em pleno Emirates Stadium, pela 20ª rodada do Campeonato Inglês. O herói foi o centroavante Tammy Abraham, autor do gol da vitória aos 43min do segundo tempo antes disso, ainda na primeira etapa, o técnico dos Blues, Frank Lampard, fez uma substituição que mudou os rumos do jogo.

Com o triunfo como visitante, o Chelsea se mantém com folga na quarta colocação, que dá vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. O time tem 35 pontos, quatro a mais que o Manchester United, hoje na quinta posição. Na próxima rodada, quarta-feira, já em 1º de janeiro de 2020, o rival será o Brighton, fora de casa, na cidade de Brighton.

Do outro lado, nem mesmo o começo de trabalho do técnico espanhol Mikel Arteta parece mexer com o Arsenal. Contratado há pouco mais de uma semana, o ex-jogador do próprio clube londrino ainda não venceu – empatou na estreia contra o Bournemouth, na última quinta-feira – e agora vê o time na modesta e decepcionante 12ª colocação com 24 pontos. O próximo desafio, mais uma vez em casa, será o clássico contra o Manchester United, nesta quarta-feira.

Em campo, o Arsenal começou melhor e rondou a meta defendida pelo espanhol Kepa. Aos 13 minutos, conseguiu abrir o placar. O alemão Özil cobrou um escanteio pelo alto, Chambers desviou antes da primeira trave e encontrou Aubameyang livre, diante de Kepa. O atacante gabonês tirou o brasileiro Emerson Palmieri da jogada e mergulhou de cabeça, sem chance de defesa.

O péssimo desempenho do Chelsea em campo fez o técnico Frank Lampard promover uma mudança, ainda no primeiro tempo, aos 34 minutos, que alterou a forma de jogar da equipe. O volante brasileiro naturalizado Jorginho entrou no lugar de Emerson Palmieri e assim o jogo ficou mais equilibrado.

Com mais volume de jogo que o rival, o Chelsea passou a pressionar a defesa do Arsenal e conseguiu os gols da virada no final do segundo tempo. O do empate, aos 37, foi de Jorginho após uma falha grotesca do goleiro alemão Bernd Leno na tentativa de cortar o cruzamento. Pouco depois, aos 43, Abraham marcou um belo gol após rápido contra-ataque e tabela dentro da área com o meia brasileiro Willian.

*Com informações do Estadão Conteúdo