Coutinho, Paulinho, Raffael… Conheça todos os brasileiros do Alemão

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2020 12h56 - Atualizado em 15/05/2020 13h18
EFECoutinho durante partida do Bayern de Munique

O Campeonato Alemão será o primeiro grande torneio a retornar em meio à pandemia de Covid-19. A partir do próximo sábado (16), a bola volta a rolar na liga que tem dez brasileiros em ação, sendo Philippe Coutinho, do Bayern de Munique e da seleção brasileira, o mais consagrado.

A Bundesliga, no entanto, conta com outros nove jogadores de nacionalidade brasileira. Matheus Cunha, da seleção olímpica, é o mais promissor. Já Raffael, do Borusia Monchengladbach, é o que está há mais tempo na Alemanha.

Abaixo, a Jovem Pan lista todos brasileiros para você ficar de olho na retomada do Alemão.

PHILIPPE COUTINHO (BAYERN DE MUNIQUE)

Coutinho é o mais conhecido entre os brasileiros. Revelado no Vasco, o meio-campista brilhou no Liverpool por algumas temporadas até ser vendido ao Barcelona em 2017, transformando-se na negociação mais cara da história do futebol. Em campo, no entanto, armador não rendeu o esperado e acabou sendo emprestado para o Bayern de Munique.

No time bávaro, Coutinho segue decepcionando seu fãs. Mesmo sendo testado em diversas posições e ganhando sequência, o camisa 10 contabiliza apenas 9 gols e 8 assistências em 32 partidas disputadas.

Antes da paralisação, Coutinho até retomou o status de titular, mas seguiu sem entregar o esperado. A imprensa alemã e a espanhola dão como certo o retorno do jogador ao Barcelona, no final da temporada europeia.

WENDELL (BAYER LEVERKUSEN)

Wendell, lateral-esquerdo do Bayer Leverkusen

Wendell é o lateral-esquerdo titular do Bayer Leverkusen, atual quinto colocado do Alemão, com oito pontos a menos que o líder Bayern de Munique. O brasileiro possui características de jogo ofensivas e também é utilizado como ala quando o treinador prefere atuar com um esquema de três zagueiros.

Revelado pelo Londrina, Wendell ganhou projeção no Brasil com a camisa do Grêmio, time que o vendeu ao Leverkusen por 6,5 milhões de euros, em 2014. Em entrevista à Jovem Pan, em outubro de 2019, Wendell afirmou que foi mais difícil marcar o holandês Arjen Robben do que Messi, CR7 e Neymar.

PAULINHO (BAYERN LEVERKUSEN)

Paulinho em sua estreia no time titular do Bayer Leverkusen

Companheiro de Wendell no Leverkusen, Paulinho é mais conhecido pelo público brasileiro. Cria do Vasco, o atacante rumou para a Alemanha em julho de 2018. Na atual temporada, o jovem de 19 anos recebeu 12 oportunidades, marcou 3 gols e deu 1 assistência.

A melhor apresentação de Paulinho no time Bayer aconteceu no penúltimo confronto antes da paralisação. Na partida contra o Eintracht Frankfut, ele foi às redes duas vezes e deu um passe para gol na goleada por 4 a 0.

MATHEUS CUNHA (HERTHA BERLIN) 

Atacante da seleção olímpica, Matheus Cunha tem apenas 20 anos de idade, mas já está no seu segundo time alemão. Comprado pelo RB Leipzig em 2018, o centroavante até mostrou sua qualidade, mas estava sofrendo com a concorrência.

Assim, Matheus Cunha aceitou a proposta do Hertha Berlin e foi adquirido pelo atual 13º colocado da Bundesliga em janeiro deste ano. Recém-contratado, ele realizou apenas 4 partidas, mas já anotou 2 gols e 1 assistência. Seu objetivo, agora, é ajudar o time da capital a se manter na elite do futebol local.

RAFFAEL (BORUSSIA MONCHENGLADBACH) 

View this post on Instagram

⚽️🐎

A post shared by Raffael de Araújo (@raffael_ce) on

Raffael é uma entidade do futebol alemão. Há sete anos no Borussia Monchengladbach, o atacante também tem passagem por Hertha Berlin e Schalke 04.  Aos 35 anos, Raffael não está sendo muito utilizado na atual temporada. Ao todo, ele soma 9 partidas e nenhum gol ou assistência na equipe que é a quarta colocada do torneio.

WILLIAM (WOLFSBURG)

View this post on Instagram

(🇧🇷) Uma mensagem que dói, chocada e, acima de tudo, me deixa triste. 😞 William sofreu uma lesão no joelho no sábado contra o Düsseldorf. Dói muito saber que ele não pode mais tocar. Ainda assim, não vou parar de acreditar em você. Você voltará mais forte do que nunca. Eu sempre disse que apoiaria você. Nos bons, mas também nos maus. Desejo-lhe uma rápida recuperação e muita força. Irmão, eu sempre estarei lá para você! 🙏🏻 – – (🇩🇪) Eine Nachricht die weh tut, schockiert und die mich vorallem traurig macht.😞 William hat sich am Samstag beim Spiel gegen Düsseldorf eine Verletzung im Knie zugezogen. Es tut so weh zu wissen, dass er nicht mehr spielen kann. Trotzdem werde ich nicht aufhören, an dich zu glauben. Du wirst stärker zurückkommen als je zuvor. Ich habe immer gesagt, ich werde dich unterstützen. In guten aber auch in schlechten Zeiten. Ich wünsche dir gute Besserung und ganz viel Kraft. Bruder, ich werde immer für dich da sein! 🙏🏻 – – (🇬🇧) A message that hurts, shocked and, above all, makes me sad. 😞 William suffered an injury to his knee on Saturday against Düsseldorf. It hurts so much to know that he can't play anymore. Still, I won't stop believing in you. You will come back stronger than ever. I always said I would support you. In good but also in bad times. I wish you a speedy recovery and lots of strength. Brother, I will always be there for you! 🙏🏻 – – 📸 BILD.de – ___ #william #amigos #irmão #gracasadeus #obrigado #williamsupport #keepfighting #getwellsoon #bro #lute #friends #cmon #believeinyourself #sad

A post shared by william.support® (@william.support) on

Revelado pelo Internacional, William apareceu como uma das grandes promessas da lateral direita em 2015. Dois anos depois, ele foi comprado pelo Wolfsburg e permaneceu atuando em alto nível.

Nesta temporada, William era dono da posição até sofrer uma grave lesão no joelho. Mesmo com a paralisação no futebol, o brasileiro segue em recuperação.

JOÃO VICTOR E PAULO OTÁVIO (WOLFSBURG) 

O Wolfsburg, 7º colocado do Alemão, tem mais dois brasileiros no seu elenco. O atacante João Victor, revelado pelo Palmeiras, costuma jogar pelas beiradas do campo e frequenta a equipe titular, tendo 31 partidas disputadas na temporada, com 4 gols e 3 assistências.

Já o lateral-esquerdo Paulo Otávio, formado nas categorias de base do Athletico-PR, costuma ficar no banco de reservas do Wolfsburg. No Brasil, ele também passou por PSTC, Coritiba, Santo André, Paysandu e Tombense.

IAGO (AUGSBURG)

Iago é outro lateral oriundo da base do Internacional que joga na Alemanha. No Augusburg desde o início da temporada, o brasileiro fez apenas 8 jogos, mas já contribuiu com um gol e uma assistência. O seu principal objetivo nesta retomada é ajudar a salvar o time do rebaixamento.

LUCAS RIBEIRO (HOFFENHEIM) 

Lucas Ribeiro, de 21 anos, é zagueiro central do Hoffenheim. Vendido pelo Vitória na temporada passada, o defensor é uma das últimas opções para o setor. No Alemão 2019/20, ele esteve em campo por apenas 63 minutos em duas partidas, marcando um gol.