Estádio que sediou final recente de Champions vira hospital contra coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2020 13h32 - Atualizado em 29/03/2020 13h33
EFEO Millennium Stadium sediou a final da Champions League de 2017, vencida pelo Real Madrid diante da Juventus

O Millennium Stadium, ou Principality Stadium, será mais um estádio de futebol que vai auxiliar no combate ao novo coronavírus. A casa da seleção do País de Gales contará com até 2 mil leitos para ajudar infectados pela doença.

“Disponibilizamos todo o Principality Stadium para uso nos requisitos do Serviço Nacional de Saúde, incluindo áreas de hospitalidade e uma variedade de salas e instalações adicionais”, disse Martyn Phillips, CEO da administradora do estádio.

“É um privilégio poder oferecer nossos serviços, instalações e um número significativo de pessoal operacional para ajudar neste momento de emergência nacional”, complementa Phillips.

O Principality Stadium foi palco da final da Liga dos Campeões da Europa em 2017, vencida pelo Real Madrid diante da Juventus. Na ocasião, recebeu mais de 74 mil torcedores. Agora, poderá receber mais de 2 mil infectados pelo coronavírus. No Reino Unido, mais de 17 mil pessoas testaram positivo e o número de mortos ultrapassa mil.

*Com informações do Estadão Conteúdo