Gabriel Jesus marca, e City massacra o Newcastle em casa

O atacante brasileiro abriu o placar no duelo válido pela 34ª rodada do Campeonato Inglês

  • Por Jovem Pan
  • 08/07/2020 17h13
Lee Smith/EFEGabriel Jesus celebra gol anotado na goleada por 5 a 0 do Manchester City sobre o Newcastle, no Etihad Stadium

Com o título garantido pelo Liverpool na semana passada, restou ao Manchester City entrar em campo nas últimas rodadas do Campeonato Inglês com o objetivo de assegurar a segunda colocação ao final da temporada. Nesta quarta-feira, 08, o time comandado pelo técnico espanhol Pep Guardiola deu mais um passo para isso ao golear o Newcastle por 5 a 0, no Etihad Stadium, em Manchester, pela 34ª rodada da competição nacional. O centroavante brasileiro Gabriel Jesus abriu o placar logo nos primeiros minutos de jogo. Com a goleada em casa, o Manchester City chegou aos 69 pontos e se aproveitou do empate do Leicester City na rodada para abrir vantagem para a terceira posição, que agora é do Chelsea com 60. Como faltam apenas quatro rodadas para o final do campeonato, o clube de Manchester precisa de apenas quatro pontos, sem depender de outros resultados, para assegurar o vice.

Em campo, o Manchester City foi superior o tempo todo com seu estilo de jogo ofensivo e logo abriu o placar, aos 10min, com Gabriel Jesus. O capitão espanhol David Silva recebeu na esquerda e fez um cruzamento rasteiro para a área. O atacante recebeu com liberdade e apenas tocou no canto direito do goleiro Dubravka. Pouco depois, aos 21min, em mais uma jogada pelo lado esquerdo, o meia belga Kevin De Bruyne foi lançado na área e passou para o argelino Mahrez, que bateu rasteiro para o gol e anotou mais um para os donos da casa. Depois do intervalo, o Manchester City não diminuiu o ritmo. A equipe marcou o terceiro aos 13min, com um gol contra. Gabriel Jesus fez uma rápida tabela com Foden e invadiu a área do Newcastle. Ritchie tentou desarmar o brasileiro, mas acabou chutando em Federico Fernández e a bola entrou. Aos 20min, David Silva cobrou falta na entrada da área com perfeição para anotar o quarto. Sterling fechou a conta já nos acréscimos, aos 46min.

*Com informações do Estadão Conteúdo