Guardiola fala sobre possibilidade de City contratar Lionel Messi; confira

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2020 11h13 - Atualizado em 07/02/2020 11h35
Reprodução/TwitterMessi e Guardiola trabalharam juntos entre 2008 e 2012

Os rumores sobre uma possível saída de Lionel Messi do Barcelona estão se intensificando nos últimos dias. Em meio às especulações, o nome do Manchester City surge como provável destino para o jogador mais bem pago do mundo. Durante entrevista coletiva, nesta sexta-feira (7), Pep Guardiola foi questionado sobre o tema, mas descartou a chegada do atual melhor futebolista do planeta.

“Ele é jogador do Barcelona e ficará lá”, afirmou Guardiola, que prepara o City para o confronto diante do West Ham, no próximo domingo (9).

Fugindo do assunto, Guardiola afirmou que não vê Lionel Messi em outro clube e acredita que o craque irá se aposentar na equipe blaugrana.

“Não vou falar sobre jogadores de outro clube. Acho que ele vai terminar sua carreira lá. É o meu desejo”, encerrou.

De acordo com a “Gazzetta dello Sport”, em matéria publicada ontem, o contrato de Messi com o Barça possui uma cláusula que permite a saída do jogador sem custos. Assim, em meio à crise do time, o camisa 10 poderia deixar a Catalunha ainda nesta temporada – mesmo com vínculo assinado até 2021.

Messi ficou irritado com as declarações de Eric Abidal, diretor esportivo do Barcelona, que responsabilizou a saída do ex-treinador Ernesto Valverde devido a “insatisfação de alguns jogadores” com o comandante.

Através do Instagram, o argentino rebateu a declaração do mandatário: “Quando se fala de jogadores, deve dar nomes, pois, caso contrário, estaremos sujando todos e alimentando coisas que são ditas e não são verdadeiras”. Messi também pediu aos dirigentes do clube que “assumam suas responsabilidades.”

Ao mesmo tempo, conforme o jornal italiano, cinco clubes estariam cotados para fechar com Messi, sendo eles: Manchester City, Manchester United, Paris Saint-Germain, Juventus e Inter de Milão.

Guardiola e Messi trabalharam juntos no Barcelona entre 2008 e 2012 e conquistaram duas Ligas dos Campeões.