Campeonato Italiano: por distanciamento, jogadores serão proibidos de reclamar com o árbitro

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2020 16h41
Yoan Valat/EFEA Juventus de Cristiano Ronaldo é uma das favoritas ao título do Campeonato Italiano

A liga de futebol da Itália está estudando os protocolos que serão adotados no retorno do futebol no país. No dia 28 de maio, os dirigentes vão se reunir com o governo para discutir a retomada da Série A. A agência de notícias Agiproneews teve acesso ao documento que será o ponto de partida para as decisões, onde consta a proibição para os jogadores protestem as decisões dos árbitros em campo.

“Os jogadores estão proibidos de protestar com os árbitros ou delegados ao jogo e têm de manter sempre, em qualquer circunstância, uma distância de pelo menos um metro e meio”, diz o texto.

A federação propõe outras medidas para evitar o contágio pela covid-19, como limitar a capacidade dos estádios a 300 torcedores, exigindo o preenchimento de um questionário sobre sintomas na entrada, e que cada atleta do time mandante vá até a partida em seu carro pessoal, e não no ônibus, como é de praxe.

Para os visitantes, os ônibus continuam, desde que sejam desinfetados antes de cada viagem. O gelo que é utilizado nas lesões durante a partida também deve ser aposentado, assim como a tradicional fotografia do grupo antes do apito inicial. Mascotes e crianças podem ser proibidos temporariamente de entrarem em campo com os jogadores.

Paralisado desde março, o Campeonato Italiano tem a Juventus como líder. Ainda não foi definida uma data para a retomada da liga no país.