Internado com Covid-19, volante francês sai do coma induzido e já respira sozinho

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2020 15h42 - Atualizado em 26/04/2020 15h43
Instagram/ReproduçãoJunior Sambia (no centro, de azul) é volante do Montpellier

O volante francês Junior Sambia, que fora colocado em coma induzido após ser diagnosticado com Covid-19, já respira sozinho e não está mais ligado a aparelhos. A informação foi revelada por Frédéric Guerra, empresario do jogador do Montpellier, em entrevista à radio francesa RTL.

“O processo é longo. Mas ele não está mais em coma. Estamos, sem dúvida, buscando boas notícias. Ele está respirando sozinho, e isso é uma coisa boa”, afirmou. “Sábado à noite ele estava respirando sozinho de novo depois de ser entubado por dois dias e meio . Estamos realmente aliviados por ele ter se recuperado”, acrescentou Michel Der Zakarian, técnico do Montpellier, ao jornal Le Progress.

Sambia, de 23 anos, foi o primeiro jogador da elite do Campeonato Francês a testar positivo para o novo coronavírus. Ele apresentou problemas digestivos e respiratórios ao longo da semana e foi levado ao CTI do hospital Clinique du Parc. Os sintomas se agravaram de sexta-feira para sábado, e os médicos optaram por colocá-lo em coma induzido.

Revelado pelo Chamois Niortais, Junior Sambia está no Montpellier desde 2017. Na atual temporada, o volante disputou 21 partidas e marcou um gol.